Veja como calcular o pagamento de comissões no seu salão de beleza, barbearia ou clínica

Administrar um negócio na área da beleza não é uma tarefa fácil, a gente sabe disso. E um dos processos que mais toma tempo dos proprietários e gerentes é o pagamento de comissões. Isso porque muitas vezes surge a dúvida: como calcular o valor da comissão de cada profissional no salão de beleza, barbearia, clínica e todos os empreendimentos nessa área? Se esse é o seu caso, continue a leitura que esse artigo vai ajudar você nesse processo.

Para quem trabalha com pagamento de comissões, sabe que isso pode interferir no rendimento do profissional, tanto positivo quanto negativamente. Para que a experiência do profissional (e a sua) se enquadrem sempre na primeira opção, é preciso implementar o procedimento correto que ofereça vantagens para os dois lados.

Quais os tipos de comissões?

É bem importante saber que existem vários tipos de comissões e que é preciso levar em consideração o seu tipo de mercado, as regras mercadológicas que você deseja aplicar no seu negócio, além é claro, de considerar o tipo de serviço prestado por cada profissional, incluindo se eles utilizam materiais próprios para a realização das atividades ou se é você que vai disponibilizá-los. Feito isso, é hora de conhecer os modelos de comissões existentes e entender qual é o melhor para sua situação. 

Percentual fixo por venda

Esse é o modelo mais simples de pagamento de comissões, onde o profissional vai receber uma porcentagem fixa sobre o valor de cada uma das vendas realizadas ou serviços prestados.

Comissão por margem de lucro

Esse modelo de pagamento de comissão, quando praticada a longo prazo, pode ser muito benéfica para seu negócio, pois está associada a lucratividade da empresa. Já o profissional, assim como no modelo anterior, recebe uma porcentagem fixa de comissão, contudo, o valor da comissão é calculado de acordo com a margem de lucro apresentada pela empresa e não pelo valor da venda ou prestação do serviço.

Vendas por faturamento

Esse tipo de comissão é paga para o profissional com base no valor de faturamento do seu negócio no mês anterior, sem interferência do tipo de venda (parcelada ou à vista).

Comissão por data de recebimento de vendas

Se você deseja pagar seu profissional somente quando o valor efetivamente entrar no seu banco, como nas vendas no cartão por exemplo, essa é a melhor opção. É importante deixar claro para os profissionais a relevância de cada tipo de venda e quanto tempo cada uma delas leva para entrar no caixa, bem como as taxas que precisam ser pagas. O aspecto mais relevantes deste modelo de comissão é o gestor do empreendimento consegue ter um controle mais efetivo do seu caixa.

Então, qual é o melhor tipo de comissão? 

A resposta para essa pergunta é: depende. 

Como já mencionamos lá em cima, é preciso fazer uma análise minuciosa de mercado para entender qual técnica funciona melhor para seu negócio. 

gerencie seu negócio onde estiver. agendamentos, financeiro, pagamento de comissões, website

Porcentagem ideal de comissão

Assim como o tipo de comissão que você vai definir, o valor também é variável e precisa de um estudo financeiro e mercadológico. 

O que vemos hoje no mercado é que a média muda de acordo com o serviço que o profissional realiza, quanto tempo leva para finalizar os procedimentos e se os materiais utilizados são da empresa ou individuais.

Ela pode variar de 25 a 70%, por isso é importante conversar com cada profissional na hora de fechar uma parceria. Assim é possível saber o que ele espera  receber e entrar em um consenso de porcentagem relativa à comissões. 

Dicas para facilitar o pagamento de comissões

Introduza um processo para o pagamento de comissões

O primeiro passo para implementar um processo de pagamento de comissões é documentar esses dados. Pode ser manualmente ou em uma planilha de Excel. Ou ainda, se você não tem muito tempo para fazer isso, pode utilizar um sistema de gestão que faça isso de forma automática, utilizando os dados que você cadastra dentro do sistema. 

Outra coisa importante e que faz toda a diferença é anotar e planejar seus pagamentos de comissões considerando todos os seus custos (fixos e variáveis), quanto deseja obter de lucro e qual será o seu ponto de equilíbrio.

Temos uma planilha gratuita para auxiliar no cálculo do ponto de equilíbrio do seu negócio. Para baixar grátis é só clicar aqui.

Depois de colocar tudo na ponta do lápis e saber exatamente quanto vai precisar vender no mês para cobrir seus gastos e ter lucro, faça uma lista de todos os profissionais que recebem por comissão e quais os  valores designados para cada um (sugerimos que esse valor seja colocado em porcentagem, para facilitar seus cálculos).

Tenha relatórios e gráficos para acompanhar o desempenho

Depois de alimentar a planilha ou documento com os dados indicados acima, é preciso analisar esses números da relação de vendas efetuadas e comissões pagas, por exemplo. Dessa forma é possível compreender como está o desenvolvimento financeiro do seu negócio, além é claro, do desempenho individual de cada profissional.

Separe esses dados por períodos  para facilitar esse processo.

gerencie seu negócio onde estiver. agendamentos, financeiro, comissões, website

Defina os valores das comissões e metas em conjunto

Como já falamos no início deste texto, trabalhar com o pagamento de comissões é uma linha tênue entre a euforia e a decepção do profissional. Afinal, o salário dessa pessoa vai variar de acordo com o número de clientes atendidos e do percentual que recebe por cada um deles. 

Por isso é extremamente importante que esses valores sejam definidos em conjunto. Afinal, isso precisa ser um estímulo para o profissional que está prestando serviços com você e não um fardo, onde ele só trabalha porque precisa do dinheiro. Uma boa conversa pode definir os rumos do seu negócio!

Torne os cálculos mais fáceis com um sistema online

Quanto tempo você leva para calcular todas as comissões para seus profissionais? Imagine quanta dor de cabeça você economizaria se essa parte do processo fosse automatizada! Além disso, quando você automatiza o risco de erros cai drasticamente, principalmente se a ferramenta identifica o pagamento através de dados financeiros vinculados.

Um dos sistemas mais completos do mercado e que oferece essa funcionalidade é o da Belasis. Além disso, cada profissional pode acompanhar de forma individual as próprias comissões com um login exclusivo no aplicativo para profissionais da Belasis. 

Muitas vezes consideramos o cálculo de comissões uma tremenda dor de cabeça. Mas não precisa ser assim. Quando você estuda os diversos formatos, faz uma análise de mercado e conversa com seus profissionais, tudo fica mais fácil! E quando tudo isso é feito de forma automática, você ainda ganha mais tempo para se dedicar aos seus clientes! 

Links úteis para auxiliar na administração do seu salão de beleza

Visite nossa página de Materiais Grátis clicando aqui

Planilha grátis para cálculo de ponto de equilíbrio

Planilha para controle e gestão de fluxo de caixa no salão de beleza

Quer entender mais sobre a Legislação do salão e profissional parceiro? Preparamos um e-Book

Saiba mais sobre os Aplicativos para salão de beleza