Coronavírus: como empresas da beleza podem conseguir dinheiro

O ano de 2020 é atípico. Ninguém esperava que o coronavírus fosse se espalhar pelo mundo, muito menos que o país iria parar por conta disso. Infelizmente, tudo isso também reflete em outro fator importante: o econômico. Muito se fala em plano de contingência, em cortar gastos, mas nós sabemos que pedir isso agora, é como tapar o sol com a peneira. Por isso, algumas instituições financeiras estão disponibilizando linhas de créditos emergenciais, com prazos e taxas diferenciadas para MEIs, micro e pequenas empresas, que é o caso da maioria dos negócios na área da beleza hoje em dia.

Além dessas medidas disponibilizadas pelas instituições financeiras, o Governo Federal também lembra sobre a prolongação do saque imediato do FGTS. 

Esse artigo foi construído com base em notas divulgadas pelos bancos e instituições. Em caso de dúvidas, entre em contato com cada um deles.

Vale lembrar que as instituições e bancos mencionados aqui NÃO representam todas as possibilidades de crédito. Você pode (e deve!) buscar outras instituições financeiras e avaliar qual é a melhor opção para seu negócio.

O saque imediato do FGTS

Essa medida foi aprovada ainda em 2019 para trabalhadores que tenham contas ativas (emprego atual) ou inativas (empregos antigos) do fundo de garantia. O que define o valor do saque é a quantia de dinheiro que havia na conta do trabalhador no dia que a Medida Provisória passou a valer. Importante lembrar que quem ainda tem alguma valor a ser sacado, tem até o dia 31 de março deste ano (data inicial divulgada em dezembro de 2019).

Regras para o saque

  • As pessoas que tinham até R$998 na conta do FGTS até o dia 24 de julho de 2019, podem sacar todo dinheiro disponível na conta;
  • Para quem tinha (tem) mais de R$998 até o dia 24 de julho de 2019, tem direito a sacar R$500 do valor.

Como o limite de um salário mínimo (equivalente a 2019) passou a valer no mês de dezembro e várias pessoas já haviam sacado na primeira oportunidade, existe a possibilidade de que ainda tenha o valor adicional de até R$448 para retirar da conta. 

Agora, veja algumas dessas instituições, com dados de contato de cada um, bem como a lista de todas as instituições credenciadas no Portal do Empreendedor. Os bancos e instituições estarão divididos pelas regiões do país. Se você deseja ir direto para esse meio na sua região, é só clicar abaixo.

Primeiramente, é preciso informar que o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, anunciou no dia 22 de março algumas medidas para que a economia não pare enquanto passamos por esse crise sanitário-econômica. Serão R$55 bilhões injetados de quatro formas diferentes:

  1. transferência de recursos do Fundo PIS-PASEP para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de R$ 20 bilhões;
  2. suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos diretos para empresas no valor de R$ 19 bilhões;
  3. suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos indiretos para empresas no valor de R$ 11 bilhões;
  4. ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), por meio dos bancos parceiros, no valor de R$ 5 bilhões.

Fonte: BNDES

Ou seja, para micro e pequenos empreendedores, serão destinados R$5 bilhões. Mas atenção: esse valor deverá ser solicitado através dos agentes financeiros parceiros do BNDES. O Banco indicou que os empréstimos serão disponibilizados para negócios classificados desde microempresas, até faturamento anual de R$300 milhões. Sobre o tempo de carência, será de 24 meses, com prazo de financiamento de até 60 meses, com um limite de até R$70 milhões por tomador. As linhas de crédito anunciadas pelos bancos a seguir, podem, mas não estão obrigatoriamente ligadas ao BNDES!

Bancos e Instituições de nível Nacional

Banco do Brasil

No dia 18 de março, o Banco do Brasil divulgou a disponibilização de R$100 bilhões para as linhas de crédito da instituição. Para quem não tem cadastro de pessoa jurídica, mas trabalha prestando serviços, que é o caso de alguns negócios da área da beleza, serão R$24 bilhões, subdivididos em consignado, salário e automático. 

Esses recursos já estão disponíveis para serem contratados pelos clientes da instituição, que já possuam algum limite de crédito para essas linhas. 

Para as empresas, estará disponível o total de R$48 bilhões, nas opções de capital de giro, investimento e antecipação de recebíveis. Importante lembrar que o banco considera empresa, desde micro e pequenos empreendedores até as chamadas corporate (consideradas médias e grandes). O empréstimo pode ser solicitado através da internet ou nas agências bancárias.

RESSALTAMOS AQUI, QUE É NECESSÁRIO ENTRAR EM CONTATO COM A INSTITUIÇÃO FINANCEIRA PARA OBTER MAIS DETALHES SOBRE OS PRAZOS E CONDIÇÕES.

Caixa

A Caixa Econômica Federal também anunciou recentemente a liberação de R$40 bilhões para micro e pequenas empresas que desejam crédito para capital de giro. A instituição também anunciou a redução de taxas de juro para essa linha, além de um tempo de carência maior. 

Empresas que se enquadram nos setores de comércio e prestação de serviços, os mais afetados pela crise que o coronavírus vem causando, terão mais linhas de crédito especial, com um prazo de carência de até seis meses. 

Se você tem interesse nessas condições, é imprescindível que entre em contato diretamente com a CAIXA para ter mais informações sobre essas linhas de crédito. Clique aqui para ver quais são os canais de atendimento da instituição.

Bancos e Instituições Sudeste

DesenvolveSP

Foram liberados R$200 milhões para micros, pequenas e médias empresas, no período de recessão econômica por conta do coronavírus.Também há mudança na taxa de juros, nos prazos e nas carências dos financiamentos realizados dentro deste tempo. Os juros sairão de 1,43% ao mês, para 1,2%, o prazo que até então era de 36 meses passa a ser de 42 e o tempo de carência deixa de ser três e passa a ser de nove meses.

Para mais informações sobre como solicitar as novas condições anunciadas pelo desenvolveSP, entre em contato com a instituição.

Banco do Povo

Em parceria com o DesenvolveSP, o Banco do Povo Paulista também anunciou a liberação de R$25 milhões para crédito subsidiado. Os montantes solicitados podem variar de R$200 (duzentos reais) a R$20 mil (vinte mil reais), que terão juros de 0,35%, para pagamento em até 36 meses e carência com prazo de 90 dias.

Contudo, o valor disponibilizado pelo Banco do Povo será destinado prioritariamente setores como turismo, cultura e economia criativa, que são os mais afetados pela pandemia do coronavírus.

Governo do Rio

Já para quem tem empresa no estado do Rio de Janeiro, o governo estadual fez o anúncio de uma linha de crédito emergencial no valor de R$320 milhões, específica para MEIs, micro e pequenas empresas. Os financiamentos serão através de parcerias com o Sebrae, com cooperativas de crédito e fintechs, com prazos e carência maiores e taxas de juros reduzidas.

Banco de desenvolvimento do Espírito Santo em conjunto com o Banco do Estado do Espírito Santo

As instituições financeiras públicas do Espírito Santo não divulgaram qual será o valor total destinado para financiamento, apenas que a taxa de juros será a partir de 0,65% ao mês, com carência de até seis meses e prazo de pagamento de até 48 meses. Os atendimentos serão realizados de maneira individual para entender a necessidade de cada um. Os recursos serão destinados principalmente para os setores de comércio e serviços, considerados os que necessitaram de isolamento imediato ou diminuição no fluxo de pessoas atendidas. 

Para quem deseja tirar dúvidas ou contatar para solicitar o financiamento com esses bancos, devem entrar em contato pela central de atendimento, através do telefone 0800 283 4202, pelo SAC Banestes através do número 0800 727 0474 ou ainda pela rede de agências distribuídas pelo estado.

Bancos e Instituições Sul

Banrisul – Banco do Estado do Rio Grande do Sul

O Banrisul também anunciou a liberação de crédito pré-aprovado para financiamentos no valor de R$14 bilhões, para pessoas físicas, micro, pequenas e médias empresas. Para quem atua na área da beleza no Rio Grande do Sul (e nos estados que o banco atende) e não possui cadastro de pessoa jurídica, essa é uma das possibilidades de conseguir recursos para se manter em meio a crise do coronavírus.

Para quem tiver interesse em conseguir o crédito, o banco indica que é possível fazer através do aplicativo Banrisul Digital ou ainda através de contato via e-mail ou telefone. Outra formas contato para tirar dúvidas com a instituição são as redes sociais Twitter, Facebook, Instagram e Youtube, em dias úteis das 9h às 18h.

A nota emitida pelo banco não divulgou informações sobre condições de pagamento e negociações.

Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul

O BRDE divulgou que disponibilizou, até o final do ano de 2020, R$1,3 bilhão para atender as necessidades emergenciais dos clientes, preferencialmente MEI’s e micro, pequenas e médias empresas.

A instituição também informou (em nota no site) que esse valor será somado ao valor de R$900 milhões destinados ao Programa Promove Sul, lançado em janeiro de 2020, com uso de recursos próprios do BRDE.

Não foram divulgadas as condiçõe de prazos e pagamentos.

Os meios de comunicação oficiais de cada região estão na imagem abaixo.

Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina

No estado de Santa Catarina, a BADESC divulgou duas linhas de créditos: a emergencial e a ampliação de microcrédito de Juro Zero.

A primeira será no valor de R$50 milhões, com prioridade para micro e pequenas empresas, que poderão solicitar de R$15 mil a R$150 mil com uma taxa de juro de 0,3% para o empresário e o restante subsidiado pelo Governo do Estado. Importante: a taxa só será válida apenas se a empresa manter todos os pagamentos em dia. Já a carência será de 12 meses, sem pagar qualquer valor pelos seis primeiros meses e apenas os juros nos outros seis subsequentes. A amortização pode ser distribuída em 36 meses com parcelas decrescentes. 

PARA ESSA LINHA DE CRÉDITO É EXIGIDO GARANTIA DE 100% DO VALOR FINANCIADO, SENDO CONSIDERADOS COMO TAL: IMÓVEL DE PROPRIEDADE DA EMPRESA, SEUS NEGÓCIOS OU DE TERCEIROS, QUE TENHAM MATRÍCULA ATIVA NO REGISTRO DE IMÓVEIS.

Para acessar e solicitar este crédito clique aqui

A outra modalidade é a ampliação de crédito para Microempreendedores Individuais através do programa Juro Zero. Os financiamentos terão limite máximo alterado de três mil reais para R$5 mil e as regras para contratação ainda permanecem as mesmas. O valor será disponibilizado através das Instituições de Microcrédito Produtivo e Orientado, em todo estado.

Para ver as regras de contratação clique aqui. As instituições participantes podem ser consultadas aqui.

Bancos e Instituições Nordeste

Banco do Estado de Sergipe

O Banese divulgou uma linha de crédito emergencial, com pagamento em até 36 meses e carência de seis meses. As prestações do financiamento são fixas e debitadas automaticamente da conta do solicitante. A modalidade está disponível para Capital de Giro e adequação de fluxo de caixa para quem já cliente do banco.

O valor total disponibilizado e as taxas de juros não foram divulgados.

Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste anunciou que elevou de R$50 mil para R$100 mil o valor de contração sem a obrigação de garantias reais, ou seja, é possível solicitar o financiamento oferecendo garantias por pessoas e não por bens. Os valores das taxas das operações também foram reduzidas (sem informar quanto), além da aplicação de tetos diferenciados para contratação, de acordo com os valores de faturamento, especialmente das micro e pequenas empresas.

Para quem atua como MEI o banco também anunciou algumas medidas no processo de contratação de crédito. De acordo com a nota divulgada, será ampliado o prazo médio de cinco para sete meses, o que deve incrementar 57% os valores dos recursos, chegando a marca de R$8 bilhões contratados até o mês de setembro.

É possível entrar em contato com a instituição pelos canais digitais, com o SAC pelo telefone 0800 728 3030 ou pelo fale conosco no site. 

Bancos e Instituições Centro Oeste

Banco de Brasília (BRB)

Já o Banco de Brasília indica que pode liberar até R$1 bilhão para os setores atingidos pela pandemia do coronavírus. Para ter acesso a linha de crédito de Capital de Giro, às empresas precisam ser associadas à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio), Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra) ou ainda à Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL).

A taxa de juro do banco para essa linha será de 0,80% ao mês, com prazo de até seis meses de carência e 36 meses de pagamento.

Para mais informações, entre em contato com banco através do Fale Conosco no número (61) 3322-1515, pelo chat do site, clicando aqui ou ainda enviando um e-mail para faleconosco@brb.com.br

Agência de Fomento de Goiás S.A.

O Governo de Goiás, através da Agência de Fomento do Estado , informou que serão ofertadas cinco modalidades de financiamento no valor total de R$500 milhões para dar suporte para empresário MEI’s, micros, pequenos e médios empresários.

Para as pessoas que atuam como MEI’s, microempresas e pessoas físicas que sejam profissionais liberais, podem optar pelo Microcrédito Produtivo Pessoas Jurídicas (PJ) desde que a renda anual não ultrapasse R$360 mil.

Já a modalidade de Microcrédito Produtivo Pessoa Física (PF), é voltado para pessoas e microempresas que trabalham com prestação de serviços, que é o caso da maioria dos profissionais da área da beleza. Além dessas duas opções, a Agência de Fomento de Goiás ainda oferece opções de crédito nas linhas CredFomento e GoiásFomento que opera a opção de Capital de Giro Dissociado. O CredFomento para para MEI’s, micro e pequenas empresas, e a GoiásFomento adiciona a médias empresas aos já mencionados anteriormente.

Valores disponíveis por modalidade de crédito: 

  • Microcrédito Produtivo PJ, de R$ 1 mil a R$ 21mil; 
  • Microcrédito Produtivo PF, de R$ 1 mil a R$ 15 mil;
  • CrediFomento, de R$ 21 mil a R$ 80 mil; 
  • FCO Capital de Giro Dissociado, de R$ 10 mil a R$ 30 mil. 

É possível entrar em contato com a Agência de Fomento de Goiás pelo telefone (62) 3216-4900, das 9 às 17 horas, de segunda a sexta-feira; ou pelo e-mail atendimento@goiasfomento.com

e para  solicitar o financiamento, é preciso preencher os formulários de documentos presentes  neste link . Eles precisam ser assinados e digitalizados, e depois enviados para o e-mail atendimento@goiafomento.com

Bancos e Instituições Norte

Agência de Fomento do Estado do Amazonas

A Afeam, em notícia divulgada em seu site, informou que liberou R$40 milhões em recursos para financiamentos de MEIs micros, pequenas, médias empresas, além de profissionais liberais. O crédito foi deferido para se utilizado principalmente como capital de giro.

A instituição não informou prazos e taxas em seu site.

O contato com a Afeam pode ser realizado através do site, por meio dos canais de comunicação da Ouvidoria, pelo número 0800 286 3066 e pelo WhatsApp (92) 98854-2075, além das redes sociais da Agência no Facebook  e Instagram.

Portal do Empreendedor

Se você é MEI, O Portal do Empreendedor disponibiliza em seu site uma lista com as instituições credenciadas a realizar empréstimos para MEIs em todo território nacional. Algumas delas já foram mencionadas na nossa listagem e outras podem ser mais interessantes para você. Veja quais são:

  • Acredite – Associação de Microcrédito do Alto Vale do Itajaí
  • Agência de Fomento do Estado de Roraima S/A
  • Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro S. A.
  • Agência de Fomento do Paraná S.A.
  • Agência de Fomento do Rio Grande do Norte S/A
  • Amaggi S.A. – Crédito , Financiamento e Investimento
  • Associação Brasileira Para o Desenvolvimento da Família – Banco da Família
  • Associação Mineira de Crédito Popular
  • Atlanta Sociedade de Crédito  Ao Microempreendedor Ltda
  • Banco do Nordeste do Brasil Sa
  • Banestes SA Banco do Estado do Espírito Santo
  • Bom Crédito  – Sociedade de Crédito  ao Microempreendedor e a Empresa de Pequeno Porte Ltda
  • Caixa Economica Federal
  • Central Cooperativa de Crédito no Estado do Espírito Santo – Cecoop
  • Centro de Apoio aos P. Empreendimentos Estado da Bahia
  • Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos do Brasil
  • Centro Ecumênico de Apoio ao desenvolvimento
  • Cooperativa de Crédito  Original – Sicoob Original
  • Cooperativa de Crédito  Rural com Interação Solidária Progresso – Cresol Progresso
  • Cooperativa de Crédito Rural com Interação Solidária Vale Das Águas – Cresol Vale Das Águas
  • Cooperativa de Crédito Sul – Sicoob Sul
  • Cooperativa de Poupança e Crédito de Livre Admissão da Região de Maringá – Sicoob Metropolitano
  • Cooperativa de Poupança e Crédito Ouro Verde – Sicoob Ouro Verde
  • Credisis – Central de Cooperativas de Crédito Ltda
  • Credivale Agência Metropolitana de Microcrédito
  • Finamax S/A Crédito Financiamento e Investimento
  • Financred – Sociedade de Crédito Ao Microempreendedor e a Empresa de Pequeno Porte Ltda
  • Gerencianet Pagamentos do Brasil Ltda
  • Global Finanças – Sociedade de Crédito ao Microempreendedor e a Empresa de Pequeno Porte Ltda.
  • HSCM – Sociedade de Crédito Ao Microempreendedor e a Empresa de Pequeno Porte Ltda
  • Instituição Comunitária de Crédito Blumenau-Solidariedade-Icc Blusol
  • Instituição Comunitária de Crédito Conquista Solidária
  • Instituição de Crédito Solidário – Credisol
  • Instituto de desenvolvimento Econômico Sustentável, Social e Cultural – IDESSC
  • Instituto Estrela de Fomento ao Microcrédito
  • Pagseguro Internet S.A.
  • Paycred Empresa Simples de Crédito  Ltda
  • Polocred – Sociedade de Crédito  ao Microempreendedor e a Empresa de Pequeno Porte Ltda
  • Socred S.A. – Sociedade de Crédito  ao Microempreendedor e a Empresa de Pequeno Porte
  • Treasury Empresa Simples de Crédito  Ltda.
  • Unbanked Pagamentos Ltda

IMPORTANTE

A Belasis não possui vínculo publicitário ou que caracterize favorecimento com nenhuma das instituições mencionadas neste artigo. As informações contidas neste texto são única e simplesmente de carácter informativo, não tendo nenhuma relação com nosso produto e nem com a prestação dos nossos serviços. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *